AF_GOV_Ad-Covid19_Agradecimento_468X060PX
banner-dibacenter
Basic RGB
logo aen
banner-caicara
[KAKOI]-Banner
<< >>

Politicando 26/02/2021

26 de fevereiro de 2021 em Politicando - Comente

Comec e Sedu reuniram os prefeitos para expor a crise enfrentada no transporte coletivo por conta da pandemia e queda de receita. Foto: DivulgaçãoTransporte Coletivo

A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e a Sedu do Governo do Estado reuniram os prefeitos para expor a crise enfrentada no transporte coletivo por conta da pandemia e queda de receita. O governo está aportando mensalmente 10,5 milhões de reais para manter o serviço e o preço da tarifa sem reajuste. No entanto, o custo do sistema está acima da receita e muitas empresas já apresentam dificuldade de operação.

Covid

O aumento considerável de internações por conta do Covid 19 colocou em alerta todos os municípios da região metropolitana de Curitiba. As vagas de UTI estão praticamente esgotadas, e no litoral, por exemplo, prefeituras decretaram lockdown. A preocupação de muitos governantes é que seus moradores numa eventual necessidade não tenham possibilidade de encaminhamento aos hospitais referência para o Covid.

Agudos do Sul I

Os vereadores Everson Adolphatto (PSB), Marcos Colaço (DEM) e Nei Rocha (MDB) apresentaram uma proposta de lei que tem por objetivo acabar com o recesso parlamentar do meio do ano. Em 2019 esse projeto foi apresentado, porém rejeitado pela maioria dos vereadores. O projeto foi apresentado na 1ª Sessão Ordinária de 2021, e depende de 2/3 dos votos para ser aprovado, por se tratar de uma Emenda à Lei Orgânica. Agora o projeto será encaminhado para as Comissões e depois irá à votação pelo Plenário.

Agudos do Sul II

O presidente da câmara de Agudos do Sul, Nide Ferreira (PSD) destacou nesta semana, durante a primeira sessão ordinária na casa em 2021, o trabalho que os vereadores já estão fazendo desde o início do ano. Ele elogiou as indicações apresentadas, salientando que o legislativo vem observando as áreas necessitadas, principalmente no meio rural. Disse que a câmara vai trabalhar em conjunto em prol de todo o município.

Fazenda Rio Grande

A Prefeitura de Fazenda Rio Grande garantiu na quarta-feira (24), junto à Fundepar, a implantação de um novo colégio no bairro Estados. Serão investidos mais de R$ 7 milhões na educação do município e novos colégios devem ser anunciados ainda neste ano, incluindo no bairro Gralha Azul, cujas tratativas já foram iniciadas. Estiveram na reunião o procurador Marcelo Molinari, o secretário de Obras, Marco Marcondes (PROS), de Planejamento Lanes Randal Prates e o gerente do Departamento de Engenharia Célio José Gonçalves Walter.

Lapa I

A Secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente da Lapa iniciou na quarta-feira (24) uma nova etapa do levantamento terrestre multidirecional em 360º dos imóveis do perímetro urbano do Município. Todo este trabalho tem por objetivo: Análises de recursos naturais; Implantação de redes de infraestrutura; Estudos em planejamento urbano e ambiental; Mapeamentos em segurança pública. O levantamento é realizado pela DRZ Geotecnologia e Consultoria Ltda que circula pela Lapa um veículo VW Cross Fox, placa EMW-3431 devidamente identificado realizando este trabalho.

Lapa II

A Defesa Civil da Lapa realizou a entrega de cestas básicas para aproximadamente 140 famílias cadastradas afetadas pela estiagem no final do ano passado. O auxílio foi custeado com recursos do Governo Federal, a partir da solicitação e elaboração do projeto técnico do Município e o apoio logístico da Defesa Civil Estadual pelo Centro Estadual de Gerenciamento de Riscos e Desastres. No total foram distribuídas 420 cestas com produtos alimentícios às famílias principalmente da zona rural do município.

Lapa III

O Prefeito Diego Ribas (PSD) determinou o início de um cadastramento para ambulantes da cidade da Lapa interessados em comercializar seus produtos na área externa do Parque do Monge. O município busca junto ao Instituto Água e Terra a regulamentação das atividades comerciais que possam ser desenvolvidas no parque. Através do cadastramento, será organizada a venda ambulante no local, sendo permitida a comercialização de pipoca, algodão doce, sorvete, caldo de cana, refrigerante, água e sucos. Os interessados devem procurar a Divisão de Planejamento Urbano. A Vigilância Sanitária fará o controle e a fiscalização das atividades.

Deixe seu comentário