AF_GOV_Ad-Covid19_Agradecimento_468X060PX
banner-dibacenter
Basic RGB
logo aen
banner-caicara
[KAKOI]-Banner
<< >>

Aos 18 anos, pienense Luana Stahl conquista as passarelas do país

5 de fevereiro de 2021 em Geral - Comente

Luana Stahl detalha que ser modelo sempre foi um desejo de infância e que agora se concretizou em sua vida. Foto: Arquivo/O RegionalEstar nas principais passarelas do Brasil e do mundo e seguir a profissão de modelo. O que antes começou com um sonho de infância, hoje vem, pouco a pouco, se tornando realidade na vida da jovem Luana Stahl, de 18 anos, moradora da localidade de Palmitos, na cidade de Piên.

Com o desejo de proporcionar um estilo de vida melhor para a família, Luana vem dando os primeiros passos no universo da moda, realizando os primeiros desfiles e trabalhos fotográficos. A rotina é compartilhada entre os momentos com os familiares e os compromissos em diversas cidades do país.

Aos 14 anos e dona de uma beleza peculiar, Luana conquistou a atenção de scouters, os populares olheiros, que prontamente a contataram e ofereceram a oportunidade de entrar no ramo. “Eu estava na praia de Guaratuba, andando à beira mar, quando uma scouter veio falar comigo sobre a possibilidade de ser modelo, mas fiquei pensativa. Passei meu contato e dias depois ela me ligou, falando para conhecer a agência. Então, acabei indo, fiz o curso por dois anos e com 16 anos, estava na aula de passarela e tinha um booker que ficou me olhando e falou que gostaria de conversar comigo. Ele me convidou para ir para São Paulo, mas achei que fosse apenas alguns dias e, então, ele me contou que me levaria para morar na cidade. Aí contei para minha família e no final deu certo”, conta.

A jovem enaltece que sempre contou com o apoio dos pais em suas decisões. “Sou muito grata por isso, porque meus pais sempre me viram batalhando e correndo atrás do que queria. Mas quando apareceu essa oportunidade de ir pra São Paulo, com certeza eles ficaram com o coração na mão”, detalha Luana, comentando ainda sobre os obstáculos encontrados no início da carreira. “Quando me mudei, não sabia pegar o metrô nem ônibus, eu já cheguei no perrengue. E eu não tinha terminado o ensino médio ainda e para ir para o colégio eu fiquei um pouco assustada, porque é outra realidade. Os três primeiros meses foram difíceis para me acostumar”, compartilha.

E diante do cenário da pandemia, a modelo pienense conta que teve alguns eventos afetados e até mesmo viagens para o exterior, mas que vem adequando a rotina entre estar em casa e fazendo os trabalhos que surgem. “O São Paulo Fashion Week do ano passado foi interrompido e acabei retornando para casa. Agora estou conciliando os trabalhos na cidade de Itajaí e, quando tem em São Paulo, vou para lá, faço e volto para Piên”, explica.

Tendo como inspiração as top models Gisele Bündchen e Isabeli Fontana, a jovem Luana Stahl ressalta o desejo de crescer ainda mais em sua carreira. “Quero trabalhar muito e conhecer o mundo. Futuramente também pretendo fazer uma faculdade, além de construir uma família”, relata Luana, deixando um incentivo a todos que sonham entrar no universo da moda. “Quem deseja seguir essa carreira eu digo que não é só glamour, tem pressão psicológica em cima e dificuldades, mas é uma profissão que te traz experiências e sensações únicas, maravilhosas, também lhe proporciona a conhecer novos lugares e pessoas. Sempre corra atrás de seus sonhos, mesmo que apareçam dificuldades, persista, um dia certamente você os realizará. E independente da carreira que for seguir, sempre seja uma pessoa humilde, pois com a humildade você pode conquistar o mundo! Aproveito para deixar meus agradecimentos a meus familiares que sempre me apoiaram, as pessoas que me incentivaram e sou grata ao meu Booker Mauro Peres que tristemente faleceu no início do ano. Também quero agradecer a toda equipe do jornal O Regional e da rádio Caiçara pelo convite para esta entrevista”, finaliza.

Deixe seu comentário