AF_GOV_Ad-Covid19_Agradecimento_468X060PX
Banner Eliauto 2
banner-dibacenter
Basic RGB
logo aen
banner-caicara
[KAKOI]-Banner
<< >>

Paraná dá início à campanha contra a pólio e multivacinação

2 de outubro de 2020 em Geral - Comente

Pais devem estar atentos e levar os filhos para que haja atualização da carteirinha de vacinação. Foto: Venilton Kuchler/Arquivo/AENCom um semana de antecedência em relação aos demais estados, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação teve início na última segunda-feira no Paraná, seguindo até 30 de outubro. O objetivo é atualizar a Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente menores de 15 anos de idade.

A Campanha de Multivacinação oferta variados tipos de vacinas para crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, como BCG, que previne as formas graves de tuberculose; pentavalente, contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e influenza B; rotavírus humano, contra a diarreia; pneumocócica 10 , contra a pneumonia meningite e otite; meningocócica C e ACWY, que previne contra meningites; tríplice viral, contra sarampo, caxumba e rubéola; vacina contra a varicela; vacina HPV, que previne alguns tipos de câncer em jovens; vacinas da hepatite A e hepatite B e a vacina contra a febre amarela. Já a vacinação contra a poliomielite é dirigida a crianças de 12 meses a menores de 5 anos de idade.

O secretário da Saúde, Beto Preto, falou sobre a importância da imunização. “O Paraná está ampliando o período das campanhas para que os pais tenham mais oportunidade de levar os filhos aos locais de vacinação. Antecipamos o início mas seguiremos até o dia 30 de outubro, conforme o calendário nacional”, disse o secretário. “Entendemos que durante a pandemia as ações de imunização devem ser reforçadas, pois as vacinas protegem contra várias doenças e salvam vidas”, acrescentou.

A enfermeira da Vigilância em Saúde de Agudos do Sul, Estela Alves Camargo, orienta pais e responsáveis a buscarem as unidades de saúde para fazerem a vacinação dos filhos. “A vacinação é uma das formas mais eficazes de prevenção contra uma série de doenças. Nas comunidades do interior, seguimos um cronograma de atendimentos voltados à vacinação e na unidade de saúde central, há aplicação das doses diariamente”, explica.

O Dia D da campanha será em 17 de outubro. Conforme preconiza o Ministério da Saúde, a expectativa é que entre 90% e 95% de crianças e adolescentes sejam imunizados em todo o Estado, dependendo da vacina.

Deixe seu comentário