AF_GOV_Ad-Covid19_Agradecimento_468X060PX
Banner Eliauto 2
banner-dibacenter
Basic RGB
logo aen
banner-caicara
[KAKOI]-Banner
<< >>

Ovelhas de Quitandinha recebem premiação na Expointer 2020 Digital

16 de outubro de 2020 em Geral - Comente

Dombroski destaca o potencial dos animais que foram premiados no evento no mês de setembro. Foto: Arquivo/O RegionalA ovinocultura é uma atividade que vem conquistando cada vez mais adeptos em toda a região e fomentando o mercado agropecuário. Em Quitandinha, o criador de ovelhas da raça texel, Claudinei Dombroski, conta uma criação com aproximadamente 80 animais, todos com registro e a maioria dos ovinos puros de origem controlada.

Dombroski iniciou as atividades da Cabanha Quitandinha em 2015, com a criação de animais comerciais, e em 2019 passou a utilizar-se de animais registrados junto a Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), com participação na condição de expositor em quase todas as feiras do Paraná, inclusive na Expointer, no Rio Grande do Sul, onde se destacou com os animais apresentados e despontando como expositor no Ranking Paranaense da Ovinopar.

Segundo o criador, a cabanha tem em seu plantel animais adquiridos dos mais renomados criatórios do Paraná e do Rio Grande do Sul, com excelência e de alto poder genético. “A cabanha tem por finalidade a produção de animais com aptidão produtiva, com reprodutores e matrizes da raça texel, visando a busca no melhoramento genético da raça, isso tudo com um criterioso programa de acasalamentos, com o uso de monta natural, inseminação artificial e passará a utilizar-se de transferência de embrião”, conta.

Dombroski detalha que em 2020, um ano após sua criação, a cabanha já disponibiliza para venda animais reprodutores e futuras matrizes para o melhoramento genético do texel, destinados a cabanheiros e também animais rústicos para o trabalho em rebanhos comercial na produção de carne. “A cabanha participou agora no final de setembro e início de outubro, em Esteio, no Rio Grande do Sul, da famosa Expointer, que este ano foi de forma digital, mas com a presença dos criadores e dos animais, sendo que os três exemplares da cabanha, que foram levadas a borrega menor Cabanha Quitandinha 01, foi destaque sendo a terceira melhor borrega menor da feira, sendo também premiadas a borrega maior Cabanha Quitandinha 02 e Cabanha Quitandinha 09 como borrega menor”, finaliza.

Deixe seu comentário